11/03/2021

Os principais cuidados com a saúde da mulher

Aproveitando a oportunidade do Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, abordaremos um tema de extrema importância: os principais cuidados com a saúde para garantir qualidade de vida e longevidade.

Afinal de contas, hoje, se as mulheres forem vigilantes com a própria saúde, elas podem diagnosticar doenças precocemente e, assim, aumentar significativamente as chances de cura ou até mesmo ter a possibilidade de preveni-las.

Vale lembrar que as mulheres sofrem diversas mudanças físicas e hormonais durante a vida e que saber lidar com essas transformações pode garantir bem-estar em todas as idades. Para isso, é muito importante identificar hábitos nocivos, sintomas físicos e psíquicos, e aderir a uma rotina saudável.

Você quer saber quais são esses cuidados e a importância de cada um? Continue a leitura que está tudo detalhado abaixo.

Manter uma alimentação saudável

Mesmo que seja uma recomendação para todas as pessoas, a alimentação saudável é parte fundamental da saúde feminina em todas as fases da vida. O consumo regular de alimentos saudáveis reduz o risco de doenças e ainda garante bem-estar físico e mental.

Cuidar da saúde mental

Manter a saúde mental é essencial para viver da melhor maneira possível. Por isso, a importância de identificar precocemente e procurar ajuda profissional diante de sintomas psíquicos que possam acarretar algum tipo de transtorno, como depressão, ansiedade, insônia e estresse.

Praticar atividades físicas

Exercitar o corpo é uma excelente medida para cuidar do bem-estar físico. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda praticar 30 minutos diários de atividade moderada, cinco vezes na semana, para fugir do sedentarismo e manter o corpo saudável.

Fazer avaliações periódicas

As avaliações médicas devem ser feitas regularmente, tanto com profissionais da saúde geral quanto com médicos especializados na saúde da mulher. É importante também fazer anualmente alguns exames de rastreamento.

Evitar o tabagismo

Essa também é uma recomendação tanto para homens quanto para mulheres: o tabagismo pode causar diversas doenças cardiovasculares e respiratórias obstrutivas crônicas, além de câncer. Ainda reduz o paladar e resseca a pele.

Prevenir-se contra doenças

As mulheres com vida sexual ativa devem escolher corretamente os métodos de prevenção de doenças e de contracepção. O uso de preservativos feminino ou masculino é a forma de vivenciar a sexualidade de forma segura e prevenir infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Também é indispensável fazer testes frequentes quanto a essas doenças.

Conhecer o próprio corpo

Ficar de olho no organismo e nos sinais que ele emite, por menores que sejam, permite identificar alertas que devem ser reportados a um médico. Estar atenta ao próprio corpo também é positivo para a identificação dos pontos de prazer e o exercício da sexualidade.

Utilizar práticas saudáveis

As mulheres devem buscar informações para saberem de seus direitos, das possibilidades de prevenção e tratamento, e também das consequências das diversas práticas médicas sobre seu corpo. Práticas saudáveis devem estar diretamente ligadas à forma de lidar com os sintomas comuns durante os ciclos menstruais e o climatério.

Planejar uma gestação saudável

O planejamento reprodutivo é um importante recurso para a saúde das mulheres, contribuindo para a prática sexual saudável e possibilitando o espaçamento dos nascimentos e a recuperação do organismo da mulher após o parto, além de melhorar as condições para cuidar dos filhos e realizar outras atividades. A opção por não ter filhos também deve ser assegurada.

Buscar ajuda em caso de violência

Mulheres agredidas sentem medo, pânico, ansiedade, humilhação, vergonha, culpa, perda da autonomia e fragilidade emocional. Essas experiências podem resultar em diversos distúrbios e transtornos que violam o direito à vida, à saúde e à integridade física. Nessas situações, é preciso conversar com pessoas de confiança e buscar ajuda.

É importante ressaltar que cada mulher tem necessidades específicas quanto à atenção com a saúde e o bem-estar. Essas recomendações gerais são importantes para assegurar a qualidade de vida, mas ter um acompanhamento e aconselhamento médico é essencial.

Gostou desse conteúdo? A saúde da mulher é um assunto que merece muito respeito e atenção. Recomende esse conteúdo nas suas redes sociais e continue acompanhando o nosso blog!

 

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Twitter
Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política de privacidade