06/07/2020

10 maneiras de evitar queimaduras

No Brasil, 6 de junho é o Dia Nacional de Luta contra as Queimaduras, uma data que ajuda a reforçar medidas de diminuição dos riscos desse tipo de acidente. No país, anualmente, mais de um milhão de pessoas sofre as consequências das queimaduras.

As queimaduras estão entre os acidentes domésticos mais comuns, principalmente entre as crianças, que não têm capacidade de reconhecer riscos nem habilidade para escapar de situações perigosas. Portanto, a atenção a elas é fundamental.

Na maioria das vezes, as queimaduras são causadas pelo contato direto com fogo, vapor quente, objetos superaquecidos ou eletricidade, mas podem ser causadas pelo contato com substâncias biológicas (como caravelas e águas-vivas), químicas (como ácidos e soda cáustica) e  radioativas (raios infravermelhos e ultravioletas).

As queimaduras são lesões nos tecidos que envolvem diversas camadas do corpo, como a pele, os cabelos, os pelos, os músculos, os olhos, entre outros. Elas são classificadas de acordo com o tipo de lesão causada: primeiro, segundo e terceiro grau.

Saber diferenciar os tipos de queimadura é muito importante para que os primeiros socorros sejam realizados corretamente. O tratamento, geralmente, é dolorido, demorado e pode deixar sequelas físicas e emocionais. Algumas vezes, exige internação e a pessoa acidentada pode chegar à morte.

Portanto, é imprescindível tomar alguns cuidados para evitar as queimaduras. Listamos, a seguir, 10 ações que ajudam nesta missão dentro de casa:

 

  1. Redobre a atenção com o fogão

Cozinhe nas bocas de trás do fogão e sempre com os cabos das panelas virados para dentro para evitar esbarrar e derramar o conteúdo quente. Principalmente durante o preparo das refeições, mantenha as crianças longe do fogão.

 

  1. Não descuide do gás

Mantenha o botijão de gás longe do calor direto e sempre na vertical. Além disso, lembre-se de fechar a válvula do botijão antes de sair de casa e antes de ir dormir. Se tiver qualquer vazamento de gás, investigue a causa.

 

  1. Fique de olho na eletricidade

Verifique sempre o estado das instalações elétricas, substituindo as fiações antigas e desencapadas. Também é importante manter os fios isolados em locais adequados.

 

  1. Dê importância para as tomadas

Evite ligar vários aparelhos eletrônicos em uma mesma tomada. Se tiver criança em casa, as tomadas devem estar protegidas por tampas apropriadas, esparadrapo, fita isolante ou mesmo serem cobertas por móveis.

 

  1. Tenha cuidado com velas

Só acenda velas em recipientes apropriados, como um prato fundo, por exemplo, e garanta que elas não estejam perto de objetos inflamáveis, como isqueiros, acetona, móveis de madeira ou cortinas. Não se esqueça de apagá-las ao sair de casa.

  1. Evite acidentes no banho

Desligue o chuveiro antes de mudar a chave de temperatura. Durante o banho do bebê, coloque primeiro a água fria e, aos poucos, a água quente, verificando a temperatura da banheira.

 

  1. Não brinque com fogo

Atenção aos brinquedos elétricos e com elementos de aquecimento, como baterias e tomadas elétricas, pois eles também podem causar queimaduras. Nas festas juninas, não permita brincadeiras com balões, fogos de artifício e fogueira.

 

  1. Não fume

Evite fumar, principalmente deitado. Um rápido descuido pode causar um incêndio. Se fumar, utilize cinzeiros fundos e com proteção lateral para evitar problemas com as cinzas. Guarde fósforos e isqueiros em locais altos e trancados, longe do alcance das crianças.

 

  1. Lembre-se que o álcool é muito perigoso

Nunca jogue álcool sobre chamas ou brasas, nem utilize esse produto para cozinhar porque há risco de explosão. No lugar de álcool, compre acendedor de carvão para a churrasqueira e substitua o álcool por água e sabão na limpeza da casa.

 

  1. Mantenha-se alerta o tempo todo

Deixe itens inflamáveis, como roupas, móveis, jornais e revistas, longe da lareira, do aquecedor e do radiador. Tire todos os aquecedores portáteis do alcance das crianças.

 

Além desses cuidados, nunca considere uma queimadura um acidente sem importância. É fundamental buscar socorro e fazer um tratamento adequado.

Você gostou desse conteúdo? Nosso blog têm diversas outras informações que ajudam a proteger a sua saúde. Não deixe de conferir!

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Twitter
Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política de privacidade