04/12/2020

5 dicas para prevenir a pressão alta

Um dos problemas de saúde mais comuns no mundo, a hipertensão – ou pressão alta – é uma doença silenciosa e, por isso, perigosa, já que muitas vezes os sintomas só aparecem quando já está muito avançada.

Entre os sintomas, estão dor de cabeça, tonteira, náuseas e vômitos, mas, como foi mencionado, eles só costumam se manifestar quando a pressão já está muito elevada, acima de 18 por 10. O ideal é manter a pressão sanguínea igual ou abaixo de 14 por 9.

Vale lembrar que o diagnóstico de hipertensão não é feito com apenas uma medida elevada da pressão sanguínea. A avaliação é feita com uma sequência de medidas realizadas por um profissional de saúde.

Na maioria dos casos, a doença está relacionada ao envelhecimento e à hereditariedade. Porém, outros fatores aumentam as chances de desenvolver a hipertensão, como tabagismo, colesterol elevado, estresse, sedentarismo, consumo de álcool, hipertireoidismo, consumo de sal em excesso e uso constante de alguns medicamentos.

A hipertensão é uma doença crônica e relacionada com doenças graves como o infarto e o acidente vascular cerebral (AVC), que lideram o ranking das causas de morte no mundo.

Embora não tenha cura, a pressão alta pode ser controlada. Os hábitos saudáveis colaboram para esse controle e também para a prevenção da doença. Confira algumas dicas de como algumas atitudes simples podem ajudar.

  1. Mexa o corpo

Pessoas sedentárias têm cinco vezes mais chance de desenvolver hipertensão arterial do que indivíduos fisicamente ativos. Além de todos os benefícios que a prática de exercícios físicos proporciona ao corpo, ela ainda ajuda a controlar a pressão arterial e reduzir o peso corporal, outro agente que contribui para a doença.

  1. Coma bem

Há diversos alimentos que podem desencadear ou agravar a doença, como o excesso de sal, de gorduras saturadas e de gorduras trans. Portanto, evite produtos em conserva, embutidos, salgadinhos, biscoitos recheados, alimentos processados, refrigerantes, queijos amarelos e temperos prontos. Dê preferência a frutas, legumes, verduras, cereais integrais e carnes magras.

  1. Não se estresse

É sempre bom lembrar que a saúde emocional está diretamente ligada à saúde física. Quando o estresse se instaura e combina a outros fatores de risco, pode agravar o quadro de hipertensão. Por isso, é importante respeitar seus limites, dormir bem e ter tempo para o descanso e o lazer. Se você vive de uma forma mais tranquila, seu coração trabalha melhor.

  1. Livre-se dos vícios

O tabagismo é um dos principais fatores de risco para hipertensão arterial. As substâncias tóxicas do cigarro provocam o enrijecimento das artérias, comprometendo a passagem de fluxo sanguíneo e fazendo a pressão subir. O consumo excessivo de álcool também compromete todo o organismo e proporciona passagem livre para a pressão alta.

  1. Evite o excesso de peso

A grande quantidade de gordura corporal também afeta o aumento da pressão arterial, principalmente o acúmulo de gordura na região abdominal. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a medida limite do abdômen masculino é 94 cm e do feminino de até 80 cm.

Nunca é demais reforçar que mudanças no comportamento são capazes de transformar a saúde. Portanto, hábitos saudáveis são extremamente importantes na prevenção e no controle de doenças.

Em relação ao tratamento, além da adoção de hábitos saudáveis, a hipertensão muitas vezes requer medicamentos controladores, por isso, é importante fazer um acompanhamento médico adequado.

Esse post sobre hipertensão foi útil para você? Leia outros conteúdos publicados aqui, acompanhe o nosso blog e compartilhe as informações com seus amigos.

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Twitter
Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política de privacidade