12/08/2020

Ansiedade: 10 dicas para evitar crises

A ansiedade pode estar presente em situações cotidianas, como diante da expectativa de uma notícia, na espera por algo importante ou na preparação para uma nova atividade.

Porém, ela também pode se intensificar ou se tornar mais frequente e causar dificuldades, gerando insegurança, medo e descontrole, evoluindo, assim, para um transtorno.

Esse transtorno domina a mente e ativa gatilhos, provocando crises de ansiedade, ataques de ansiedade ou até ataques de pânico que comprometem a saúde física e mental.

As crises de ansiedade também podem estar ligadas a uma situação específica de estresse ou momentos traumáticos, como espaços fechados, locais muito movimentados ou alturas elevadas, por exemplo.

No Brasil, estima-se que 20 milhões de pessoas sofrem de algum transtorno de ansiedade. Os números são bastante expressivos, por isso, é muito importante identificar essas situações e buscar formas de reagir a elas.

Neste conteúdo, estão algumas orientações que ajudam a evitar ou aliviar os sintomas da ansiedade:

  1. Evite pensamentos negativos

Os pensamentos e as falas negativas impactam diretamente no humor e no controle respiratório. Sempre que um pensamento negativo se iniciar, procure substituí-lo por outro, preferencialmente, leve e agradável. Desta forma, você perceberá o mundo de uma forma melhor.

 

  1. Confie mais em si mesmo

A confiança dá forças para lidar com a ansiedade do dia a dia e promove o autoconhecimento. Para conquistá-la, seja fiel a você mesmo e lembre-se que o seu bem-estar é fundamental. Seja gentil e amoroso consigo, reserve um tempo do dia para você e ouça suas reais necessidades.

 

  1. Diminua o estresse

Não há uma fórmula mágica para isso, mas há diversas maneiras de encontrar um jeito próprio de reduzir o estresse, como a prática da meditação ou da ioga, um momento de oração ou mesmo sessões de acupuntura, reiki ou outros tratamentos alternativos.

 

  1. Foque a atenção no presente

A mente direcionada ao momento atual tem capacidade de análise, de julgamento e de ação, sendo capaz de controlar a ansiedade. Se a mente divaga entre o passado e o futuro, sem planejamento, acaba se perdendo e abrindo espaço para expectativas descontroladas.

  1. Seja organizado

Estar em ambientes organizados ajuda no equilíbrio emocional e no controle da ansiedade. Também favorece a melhor organização do tempo, que pode ser aproveitado de forma consciente, reduzindo outros fatores que causam ansiedade.

 

  1. Faça atividades físicas

Praticar atividades físicas ajuda a lidar com a ansiedade porque eleva a produção de serotonina, substância que aumenta a sensação de prazer. Esse momento também pode ser aproveitado para trabalhar a mente, proporcionando relaxamento e serenidade.

 

  1. Controle a respiração

Para reduzir as reações do sistema nervoso autônomo, é importante inspirar e expirar lenta e profundamente, fazendo o controle da respiração a fim de diminuir o estresse e fornecer mais oxigênio ao cérebro, aumentando a concentração.

 

  1. Cuide da alimentação

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os transtornos alimentares geralmente coexistem com a ansiedade. Por isso, é importante consumir alimentos que proporcionam sensação de bem-estar. Alimentos mais naturais reduzem o número de aditivos químicos no prato e possuem nutrientes que atuam diretamente nos neurotransmissores do cérebro.

 

  1. Faça o que gosta e esteja em boa companhia

Conviver com a família, os amigos e os animais de estimação faz toda a diferença na qualidade de vida porque ativa as emoções e promove o relaxamento. Ter ao lado deles momentos de prazer e que fujam do estresse, como passeios e viagens, são importantes para reduzir a ansiedade.

 

  1. Prepare-se para dormir

Antes de dormir, evite ficar agitado, preocupado ou se desgastar com assuntos muito sérios. Coloque um freio mental em tomadas de decisão porque tentar mudar a vida mentalmente na hora de ir dormir só gera ansiedade e perda de sono.

 

Se a crise de ansiedade ou ataque de pânico acontecer, é fundamental procurar um psicólogo ou um psiquiatra para fazer o tratamento adequado.

Você já passou por uma crise de ansiedade? Está se cuidando para evitar que elas aconteçam? Esse conteúdo pode ajudar você ou alguém próximo a fugir de uma situação assim.

 

Nosso blog têm diversas outras dicas que ajudam a cuidar melhor da sua saúde. Não deixe de conferir!

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Twitter
Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política de privacidade