26/10/2020

5 novas tendências da Medicina

Avanços surpreendentes têm transformado a Medicina. O que parecia sonho de um futuro distante já está sendo aplicado hoje, dando novos contornos à relação médico- paciente e à conduta em consultas, exames, diagnósticos, tratamentos e cirurgias.

A evolução do conhecimento médico e o desenvolvimento e domínio das tecnologias de ponta proporcionam, juntos, inovações em diferentes segmentos da saúde, que vão desde aplicativos que monitoram os sinais vitais dos pacientes até robôs que possibilitam procedimentos cirúrgicos menos invasivos e mais precisos.

Entram em cena a Inteligência Artificial, a Internet das Coisas e os conhecimentos médicos para contextualizar no presente a chamada Medicina do Futuro. Algumas dessas soluções já são aplicadas e outras apontam para tendências que não tardam a entrar em ação em favor de um atendimento cada vez mais rápido e preciso.

Reunimos, a seguir, 5 destas novas tendências da Medicina. Acompanhe!

 

  1. Telemedicina

A telemedicina é um processo avançado que usa modernas tecnologias da informação para monitoramento de pacientes, troca de informações e análise de resultados de diferentes exames, facilitando o acesso a especialistas e ampliando a assistência ao paciente. A modalidade já era aplicada em todo o mundo, de forma segura e legalizada, e se tornou uma prática ainda mais comum com as recomendações de distanciamento social por conta da pandemia da Covid-19. Tanto a consulta on-line feita remotamente entre médicos e pacientes, quanto as teleconsultas feitas entre médicos, além da utilização de outros recursos instantâneos, devem ser impulsionados e ficar cada vez mais frequentes, pautadas em protocolos avançados de segurança.

 

  1. Robôs

A cirurgia robótica, menos invasiva e mais precisa, já é uma realidade. A técnica em que os médicos contam com a ajuda das máquinas nos procedimentos cirúrgicos pode contribuir para a diminuição das cicatrizes, do tempo de procedimento e também do alívio da dor. Os nanorrobôs, tão pequenos que podem circular pelos vasos sanguíneos e auxiliar no diagnóstico, na implantação de medicamentos e em cirurgias, também compõem a lista de inovações tecnológicas em favor da Medicina. Outros equipamentos, como o bisturi inteligente, por exemplo, permitem cirurgias cada vez mais assertivas.

 

  1. Monitoramento remoto

Os pacientes que necessitam de monitoramento contínuo, principalmente os portadores de doenças crônicas, que precisam prevenir complicações clínicas, encontram nesta tecnologia uma forte aliada. Por meio do monitoramento remoto, é possível medir pressão arterial, glicose sanguínea, nível de oxigenação, batimentos cardíacos e outros indicadores. Os dados são descarregados em aplicativos para serem analisados pelos profissionais de saúde e podem ser armazenados nos prontuários eletrônicos, outra inovação que otimiza o atendimento.

 

  1. 4. Impressão em 3D

A produção de próteses, órgãos e tecidos em impressoras 3D é outra técnica que está em constante aperfeiçoamento. Nas pesquisas, essas peças artificiais são muito úteis aos cirurgiões, permitindo melhorarias de desempenho, principalmente na precisão do procedimento. As próteses criadas por meio das impressoras 3D já podem ser utilizadas por seres humanos, assim como já existem relatos bem-sucedidos de transplantes de órgãos e tecidos artificiais realizados em testes de laboratório. Os estudos e aprimoramentos acontecem velozmente para que esse recurso atue cada vez mais a favor da saúde e da qualidade de vida dos pacientes.

 

  1. Mapeamento genético

O mapeamento dos genes humanos também já faz parte do presente e deve ser intensificado nos próximos anos. Ele permite a análise da saúde dos pacientes e a identificação de doenças hereditárias e alterações dos genes, assim como faz o diagnóstico precoce de doenças e promove o estudo e o tratamento mais adequado do problema. Esse percurso pelo caminho do genoma humano, apesar de ainda ser um campo polêmico, permite um atendimento cada vez mais personalizado.

Enfim, a Medicina dispõe de vários recursos que auxiliam os pesquisadores e os profissionais da saúde a embasar decisões e assegurar diagnósticos mais rápidos e precisos, prever o aparecimento de doenças, além de desenvolver tratamentos mais seguros e efetivos, e buscar procedimentos cada vez menos invasivos.

O que você achou das novidades e tendências da medicina? Já teve oportunidade de conhecer de perto alguma delas? Compartilhe a sua experiência ou a sua opinião deixando o seu comentário aqui.

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Twitter
Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política de privacidade